A mulher e o filho de Arlindo Cruz registraram queixa na polícia depois que uma foto do artista internado circulou pela internet. A família do sambista, incomodada com a exposição, foi até a 6ª DP (Cidade Nova) e acionou os policiais para descobrir o autor da imagem e evitar o compartilhamento por parte de internautas
O sambista está internado na Casa de Saúde São José, no Humaitá, Zona Sul do Rio, desde 17 de março, quando sofreu um AVC hemorrágico. Segundo a Polícia Civil, a família registrou o caso nesta segunda-feira e foi ouvida pelos investigadores. Os agentes agora vão buscar imagens do sistema de segurança interno do hospital na tentativa de identificar o autor da imagem. Com as gravações em mãos, os policiais devem convocar funcionários para prestar depoimento.
A delegada titular informou ainda, por meio da Polícia Civil, que foi requisitado o registro de entrada e saída do hospital e da Unidade semi-intensiva. Em nota, a São José frisou que “segue uma política rigorosa para garantir a privacidade de todos os pacientes”. O hospital lamentou o ocorrido e destacou que, além de colaborar com as investigações das autoridades, está apurando o caso internamente.
A gente quer descobrir a verdade e quer que o culpado pague juridicamente. Causou uma tristeza para muitas pessoas, algumas ficaram assustadas, alguns comentários maldosos. Quem postou, quem repostou a foto, disseminou algo ruim, que causou revolta. Eu estou em um processo de luta pelo nome da nossa família. Nós estamos nesse processo de manter vivo o nosso ídolo — explicou Arlindinho Cruz sobre o apelo de justiça.
O filho do cantor explicou que o quarto de Arlindo tem uma câmera — o que torna muito difícil, segundo ele, não encontrar o autor da foto.

— Ele está resistindo, está bem. A gente fala, ele olha. Dentro do possível, ele está bem. O estado é estável, na unidade semi-intensiva. Ainda assim, é uma recuperação, é o tempo dele. Ele ri, ele se emociona, interage conosco. A gente sente a presença dele. Só depende de Deus — explicou o sambista sobre a recuperação do pai.

“Não vai ficar impune. Quem cometeu o crime, vai ter que pagar. Estamos aqui para honrar e exaltar o nome de nossa família. Quem postar, compartilhar ou algo do tipo estará cometendo um crime virtual contra nós!”, destacou Arlindinho em seu perfil do Instagram, no qual publicou uma foto da mãe à frente da delegacia.