Diante de mais de 40 mil pessoas, na Arena Fonte Nova, o Bahia voltou a soltar o grito de “é campeão” na Copa do Nordeste. Quinze anos após o último título na competição, o Tricolor faturou o tricampeonato ao vencer o Sport por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (24).

O gol do título foi marcado por Edigar Junio, ainda no primeiro tempo. Com a conquista, além da premiação em dinheiro, o Esquadrão também garantiu vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2018.
O placar foi magro, mas o resultado é enorme. Com o 1 a 0 conquistado sobre o Sport, o Bahia sagrou-se campeão da Copa do Nordeste na noite desta quarta-feira.

O autor do gol do triunfo e da conquista do Nordestão pelo Bahia foi o atacante Edigar Junio, ainda no primeiro tempo. O jogador comentou sobre a emoção e a alegria de sagrar-se campeão da competição mais importante da região nordestina.

“Emocionante. Essa torcida toda… Deus me capacitou para fazer isso, para estar em campo. Foi Deus. Ele pôde me dar alegria, e posso dizer que o Bahia é o maior do Nordeste. O Nordeste hoje está azul, vermelho e branco. “É nós”. É história. A gente entrou na história do clube. Essa torcida merece. Não é à toa que ganhamos. Se não fossem eles, não teríamos essa força”, comemora o jogador.

O Tricolor volta a conquistar a taça do Nordeste após 15 anos. Suas outras conquistas foram nas temporadas 2001 e 2002.